Ser negro … ninguém falou que seria fácil | Adoção Escolar

Ser negro … ninguém falou que seria fácil

– Mãe,eu não quero essa boneca!

– Por que filha?

– Ela é preta! Olha o cabelo dela…é duro!!

Infelizmente, desde que a criança começa a “entender” o que é mostrado para ela , principalmente através dos meios de comunicação, é desenvolvido em sua cabeça que o belo só é encontrado na menininha de olhos claros, cabelo liso, magra e da pele branca. Quem não possui essas características deve correr atrás de ficar perto do padrão ou sofrerá com o isolamento e/ou agressões físicas ou verbais.

Por conta da deformação a criticidade e a imposição do negro em relação a sociedade, sofre uma grave defasagem que acaba desestruturando a autoestima dos jovens negros, levando-o a carregar os transtornos da infância ao longo da vida.Vale ressaltar que essa superioridade determinada pela cor, teve seu início no período da colonização,onde foi desenvolvido de forma mais agressiva que brancos são superiores aos negros.Apesar de várias pesquisas comprovarem que os negros não são inferiores aos brancos , muitos insistem em repetir o comportamento retrógrado, que só demonstram o quão desinformados são.

Mais da metade da população brasileira é negra, ou seja, teoricamente nas universidades, no mercado de trabalho, nos altos cargos da sociedade a maioria deveria ser representada por negros. Todavia, o local onde realmente somos dominância é no sistema carcerário.

Além disso, é compartilhado (mesmo que implicitamente) que negro é bandido, que cada vez mais jovens negros estão ingressando no mundo do crime. Oque não é disseminado são os contextos em que estes são colocados. O Estado, como estão cansados de saber, ao invés de ser para o povo, é para o próprio bolso. O Estado reforça o um Estado Policialesco e para várias mazelas que estão diretamente relacionadas com as condições de vida dadas ao povo. Povo esse que vive em condições desumanas nas periferias das cidades brasileiras.Quem se opõe esta determinação, se depara com a Polícia Militar.

O maior alvo da polícia é o negro e pobre. As abordagens que deveriam é realizada de forma violenta e muitas vezes sem fundamentos para tal brutalidade.

Autor(a): Andresa Evellyn

Fonte: www.desabafosocial.com.br



CONTATO

Utilize um de nossos canais de comunicação para tirar suas dúvidas ou se tornar um apoiador.


(71) 3328-3783 // 3784



lideranca@ceap.org.br



facebook.com/ceap.tecnologia



twitter.com/ceap_ong